Harley-Davidson retoma produção da sua primeira moto elétrica

Neste segundo semestre de 2019 a montadora Harley-Davidson deu um susto em muitos de seus clientes ao lançar a sua primeira moto elétrica Harley-Davidson. Esse susto ocorreu 1 mês após a montadora distribuir a sua moto elétrica Harley-Davidson para as concessionárias, a própria empresa pediu o retorno de todos os modelos para correção de um erro de fabricação.

moto elétrica Harley-Davidson

Moto elétrica Harley-Davidson

 Continue lendo e entenda todo o caso envolvendo a primeira moto elétrica da Harley Davidson!!

Harley-Davidson

Sendo uma das montadoras de motos mais importantes de todo o mundo. A Harley-Davidson tem sua qualidade nas suas motocicletas indiscutível.   

A fabricante é líder em vendas em vários segmentos de motocicletas em vários países pelo mundo. Devido a isso, a empresa decidiu ingressar recentemente em um novo mercado de motos.

Este mercado, do qual diz ser o mercado do futuro para veículos. Trata-se de veículos elétricos. Desse modo, após anos desenvolvendo a viabilidade da construção de uma moto elétrica Harley-Davidson, a montadora finamente fez o anuncio da LiveWire.

A LiveWire, por sua vez, além de ser a primeira moto elétrica Harley-Davidson, também significa a renovação da marca, que além de construir este novo veículo para atrair mais público. Ainda conseguiu dar o seu toque especial e característico de suas motos neste modelo.

✓ Veja mais lançamentos de motos em 2020:

moto elétrica Harley-Davidson

moto elétrica Harley-Davidson

moto elétrica Harley-Davidson

Dessa forma, assim que a moto foi anunciada, muito se esperou de seu lançamento que ocorreu em setembro. Porém, logo após 1 único mês a venda, a própria Harley-Davidson pediu que todo os modelos vendidos fossem devolvidos, assim declarando um recall total deste modelo.


LiveWire a moto elétrica da Harley-Davidson

A moto elétrica Harley-Davidson LiveWire, estava sendo projetada pela fabricante desde 2014, quando teve seu primeiro anuncio realizado. Porém, só chegou nas concessionárias em setembro de 2019.

Como já mencionado, houve um recall total de todas as motos que já haviam sido vendidas. Isso ocorreu, pois a empresa detectou uma falha no modelo. Desse modo, a Harley-Davidson emitiu uma nota pedindo para que todos que compraram este modelo fizessem a sua devolução para análise e correção dessa falha.

✓ Quem procura por motos elétricas costuma olhar:

Em nota oficial, a empresa afirmou que esta falha foi encontrada em apenas uma moto. Porém, para a melhor segurança de seus clientes, todas as motos vendidas deveriam passar pela análise de segurança.

Ainda em nota, foi informado posteriormente que esta falha, era apenas um defeito na bateria da moto. Ou seja, a bateria não seria capaz de suportar toda a quantidade de energia suficiente, portanto, iria descarregar mais rapidamente.


Harley-Davidson retoma produção da sua primeira moto elétrica

Mas já está planejado para que em novembro a montadora retome a venda de sua moto elétrica. Afinal, todos os problemas foram corrigidos e o modelo já foi liberado pelo setor de qualidade da empresa para voltar as concessionárias.

No Brasil, o modelo da moto elétrica Harley-Davidson LiveWire infelizmente ainda não possui data de lançamento. Porém, em países como o Estados Unidos, a motocicleta está sendo vendida por US$ 29.799, valor equivalente a R$ 122 mil.

Desse modo, estimasse que o lançamento da LiveWire seja anunciado em breve pela Harley-Davidson para o ano de 2020 aqui no Brasil. Portanto, continue sempre nos acompanhando que lançaremos mais informações assim que o novo modelo for anunciado.

Veja mais sobre esta moto no vídeo abaixo:   

https://www.youtube.com/watch?v=LJKXFj6FKXM

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 2

Harley-Davidson retoma produção da sua primeira moto elétrica

Adicionar Comentário